quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Ensaiando...


Tanta gente falando agora do livro "Ensaio sobre a cegueira"...

Parece que só agora foi publicado... Culpa - positiva - do filme, que acordou em muita gente a vontade de conhecer esta e mais outras obras de José Saramago.

De tanto as pessoas falarem, fui em busca do meu, pra saber onde estava e guardá-lo ainda mais. Sim, porque não empresto mais livros...kkk. Chega de emprestar e não mais tê-los de volta. São meus filhos queridos e não quero mais deixá-los à toa por aí...

Então, foi quando pensei ter emprestado, pois não achava de jeito nenhum. Hoje, quase sem querer, me bati de frente com ele, como num passe de mágica. Olhei a data - sempre assino e coloco a data nos meus livros - e estava lá 06/05/2003, dia de meu aniversário com dedicatória de minha mãe. Estava fazendo 21 aninhos e já me deslumbrava com Saramago. Lembro-me que foi um dos livros mais "pesados" que já li, tive pesadelos, mas tive que terminá-lo de uma tacada só, senão ficaria louca. Precisava ver o final e a redenção dos personagens. Me marcou tanto que cheguei a dizer à época que não leria tão cedo ou até nunca mais, tamanha angústia me causou. Acho que a sensibilidade estava mais aflorada. Não sei se reagiria da mesma maneira hoje. Aliás, o legal de reler qualquer obra é justamente isso: um novo olhar, adquirido com as vivências do dia-a-dia, as mudanças de opinião que só o tempo podem trazer.

Deixarei ele bem quietinho, no armário e na gaveta do coração...

2 comentários:

Armando Maynard disse...

O filme de Fernando Meirelles realmente fez esse bem danado, despertando nas pessoas a vontade de conhecer uma das mais famosas obras do escritor José Saramago,lançada em 1995.Quanto a emprestar livro essa reclamação é comum, pois as pessoas "ESQUECEM" de devolver.Um abraço,Armando - fetichedecinefilo.blogspot.com (posto também em lygiaprudente.blogspot.com)

suyenecorreia disse...

Êta!!! Por essa não esperava. Vou ter que comprar o livro de Saramago? Pensei que teria emprestado da minha amiga Lara.
Fica para a próxima. Que tal "As Intermitências da Morte"???
Bjs

Suyene